Especial Saúde no Trabalho
Xiiii, silêncio!

É clichê, mas aquela máxima “o silêncio fala mais do que mil palavras” se enquadra perfeitamente em (vários) momentos no ambiente de trabalho. Ou vai dizer que nunca pensou 57 vezes antes de dar aquela resposta para o seu colega de bancada?

Pois saiba que ficar de boca fechada contribui muito para a sua saúde laboral. “O ambiente de trabalho é o local quem que as pessoas passam o maior período do seu dia”, analisa a psicoterapeuta Regina Gomes da Silva.

É entre colegas e chefes em que o desempenho no trabalho dv ser o mais competente possível o que reflete no conforto psicológico. E nada como ficar quietinho. Afinal, o silêncio no ambiente de trabalho é um fator importante para que se preserve o foco e a concentração – o que não exclui aquele papo para relaxar e aliviar o estresse.

Momentos de silêncio são importantes para centrar as ideias e entender as emoções. E isso só é possível com aqueles momentos silenciosos e, até meso, de introspecção.  Para a especialista em inteligência emocional, Semadar Marques, pessoas que falam compulsivamente têm dificuldade de encarar suas emoções porque não olham pra si, mas apenas para o externo. “É importe a autoavaliação dos nossos sentimentos”, completa ela.

No trabalho não é diferente. “Quando lidamos bem com as nossas emoções e dificuldades, conseguimos entender o que se passa ao nosso redor”, compara Semadar. Bom, pra isso acontecer, ficar calada é essencial.

A escritora Susan Cain, autora de O Poder dos Quietos (Ed. Agir, 352 páginas, 22,90 reais), explica como a introspecção pode melhorar a nossa produtividade. Um dos pontos abordados pela autora, é que as pessoas extrovertidas, naturalmente, complica a vida dos introvertidos. Para ela, o mundo é tão expansivo, extrovertido e conectado que perdemos de vista o nosso lado introvertido e silencioso.

Faz sentido. Afinal, a correria de reuniões a reuniões, prazos a prazos, sem momentos para refletir ou ficar sozinhos, em silêncio é corriqueiro. E ai, aquele momento de introspecção mencionado por Semadar Marques vai ficando lá no final da lista de prioridades.

Ma alternativa para oportunizar momentos de interiorização são os fones de ouvido. Para a psicoterapeuta Regina, eles te ajudam a manter o foco, principalmente para áqueas pessoas com dificuldade de concentração. “Os tempos atuais praticamente nos obrigam a fazer tudo ao mesmo tempo, acabamos com o ruído de várias tarefas, sem poder direcionar nossa mente tranquila a uma atividade de cada vez", avalia.

Realizar as tarefas com mais consciência e concentração é só mais um dos benefícios que a quietude proporciona. Mais do que isso o silêncio é uma oportunidade para o autoconhecimento.

Então, já sabe: boca fechada não entra mosca.