Alessandra escreve quinzenalmente.
Xooooooooo culpas do passado...

 

Fiz o melhor que pude'.
Essa é toda a filosofia de vida de que precisamos.
(Lin Yutang)


Você já se culpou com coisas que falou, agiu, pensou, executou?

Quem nunca? Atire a primeira pedra então quem nunca sentiu disso:  ou não viveu ou mesmo não tem a menor consciência do que vem praticando, mas sinceramente, não acredito que ao deitar a cabeça no travesseiro pense a respeito do que no mínimo deveria/poderia ter feito diferente.

Tendo este sentimento como companhia, meus clientes são raros os que não tocam neste assunto durante um Processo de Coaching, e estes tem a impressão negativa do seu resultado geral, até bem maior do que é, com a sua percepção em relação a isso e gera um sofrimento quieto, calado mas presente, muitas vezes inconsciente.

“-Eu fiz tal coisa e me arrependo amargamente por isso.”

Erramos, isso, ERRAMOS e tudo bem com isso, desde que na sua vida tenhas clareza e entendas que “quem fomos” não é, nem de perto, muitas vezes do que estamos hoje. Nada é tudo está, frase que não canso de dizer aos meus coachees que estão em processo profundo de mudança sobre a sua vida. Se você realmente quiser, você muda, para sempre, tem caminho e muitas vezes pode ser na prática cotidiana para fazer isso dar certo.

E agora, pretendes fazer mais e melhor, ótimo! Decidido isso, resolvido como, tendo caminho, vamos em frente.

Sempre temos que dar lugar ao novo, ao superável, a forma mais pensada e voltada para o que queremos nos tornar. Faz parte da vida essa possibilidade, graças a Deus, se não fosse assim, pararíamos no tempo e o mundo não evoluiria.

Nada vem de graça, acredito com todas minhas forças que o segredo (claro que é complexo isso), estar presente na vida, vivendo o que você tem, o que o você é hoje e o que está acontecendo. Esteja presente no presente.

Você fez o que estava ao seu alcance, o que a sua envergadura poderia dar, o que conseguiria entender, compreender e agora, estando consciente, mais maduro, tens a oportunidade de modificar pelo simples fato de aceitar.

Parece meio simples demais não? E é, acredite.

Se decidires recalcular a rota da sua vida, seu caminho estará livre para reconstruir a tua imagem interna com mais confiança, emoções positivas e possibilidades evolutivas capazes de te redescobrir ainda melhor.

Uma das coisas mais lindas do Coaching é que tentamos com todas as possibilidades não julgar, tentar manter a calma e entender cada dia mais o que temos que trabalhar internamente e que temos que manter para nossa própria saúde mental e sobrevivência.

Muitas vezes o que julgavas muito ruim da forma que tu agiste é a forma que conseguiste te defender internamente de algo pior, mas que sempre pode ser aprimorado e isso que é a mágica da vida.
Resumo de tudo isso: “Tenha um olhar mais afetuoso por quem um dia tu foste. ”, essa frase infelizmente não é minha mas amo de paixão e repito incessantemente para que eu jamais esqueça e quem está ao meu lado em todos os papeis da vida também. Mudei muito, mais muito mesmo, para melhor, e digo aos meus coachees que tem jeito sim, pela própria vivência.

Que esta reflexão sirva para ti de alerta, caminho, possibilidade, frequência positiva e muito amor pela tua vida.
Se você fez o melhor que pode, tens como fazer ainda melhor hoje. Acredite.