Andressa escreve semanalmente, sempre na quinta-feira.
O samba de Diogo Nogueira na Capital


A diversidade de estilos e atrações culturais para os próximos dias na capital marca a agenda da coluna desta semana. Destaque para Diogo Nogueira (imagem) que faz dobradinha em Porto Alegre ao lançar seu DVD nesta quinta-feira (24) no cinema e na sexta apresenta o novo show no Auditório Araújo Vianna.

25/11 - DIOGO NOGUEIRA NO ARAÚJO VIANNA

Alma Brasileira, o quarto DVD da carreira de Diogo Nogueira, foi gravado no Vivo Rio, em 25 de maio, como uma grande homenagem ao samba e à música popular brasileira. Nesta quinta-feira, dia 24, o cantor Diogo Nogueira estará em Porto Alegre e recebe fãs e convidados para sessão exclusiva de lançamento deste DVD. O evento ocorre no GNC Cinemas do Moinhos Shopping. Já no dia seguinte, sexta, 26, o artista se apresenta no Auditório Araújo Vianna.

No novo show, que tem duração de 80 minutos, Diogo estará acompanhado de uma banda de 11 músicos: Boris (direção musical e baixo), Henrique Garcia (cavaco), Wallace Peres (violão), Gordo (bateria), Inácio Rios (coro e banjo), Bruno Barreto (coro e percussão), Maninho (percussão), Wilsinho (percussão), Lamir Teixeira (flauta e sax), Fabiano Segalote (trombone) e Dodô Moraes (teclado). A direção de arte e cenografia do espetáculo é de Zé Carratu, o conteúdo visual de Arthur Carratu do Studio Curve, o desenho de luz de Cesio Lima e Thiago Bonanato e a operação e programação de luz de Lucas Gallardo.

26/11 - OPINIÃO RECEBE CPM 22

A banda CPM 22, que lotou o Opinião no ano passado com a sua turnê comemorativa de 20 anos de estrada, subirá novamente neste palco, dia 26 de novembro, para executar todos os seus grandes sucessos, e o seu primeiro álbum, “A Alguns Quilômetros de Lugar Nenhum”. A banda também aproveitará a sua passagem pela capital gaúcha para divulgar o álbum “Ao Vivo no Rock in Rio”, cujo primeiro single é uma versão cheia de energia de “Tarde de Outubro” e até mesmo algumas faixas inéditas, daquele que será o seu próximo trabalho de estúdio.

27/11 – RECITAL COM THIAGO COLOMBO

Retornando do 2º Festival de Violões José Lucena Vaz de Ouro Branco (MG), o violonista, compositor, arranjador e professor gaúcho Thiago Colombo anuncia sua última apresentação nos palcos em 2016. O instrumentista se apresenta no domingo, 27, às 19h, no 9º encontro da Série Recitais Casa da Música, encerrando a temporada 2016 deste projeto do espaço cultural.
Com repertório próprio e algumas homenagens aos mestres, o recital acontece na Casa da Música, localizada na rua Gonçalo de Carvalho, número 22, próximo ao Shopping Total. O valor do ingresso é espontâneo.

30/11 – QUARTETO DE CONTRABAIXOS COM ENTRADA FRANCA

O projeto MultiMúsica recebe o Quarteto de Contrabaixos da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) na quarta-feira, 30, às 19h30. A apresentação ocorre na Sala da Música do Multipalco Theatro São Pedro e a entrada é franca. O programa traz obras dos períodos barroco, romântico e contemporâneo, além de contemplar os gêneros erudito, jazz, tango e um repertório nacional com influências afro-brasileiras. O grupo é formado pelos músicos Ezequiel Moraes de Paula, Lucas de Almeida, Samuel Pasqualetto e Wendell Felipe Da Rosa e coordenado pelo Professor Alexandre Ritter.

30/11 – EXPOSIÇÃO NO INSTITUTO LING

De 30 de novembro de 2016 a 31 de março de 2017, o Instituto Ling apresenta exposição com cerca de 50 obras de Gisela Waetge, artista que faleceu precocemente em 2015. Com curadoria de Eduardo Veras e Luísa Kiefer - filha de Gisela - a mostra traz trabalhos representativos dos seus dois últimos anos de vida quando, em função de seu tratamento médico e das limitações físicas impostas pela doença, trocou as grandes escalas por obras de tamanho reduzido.

Destacam-se os desenhos inéditos feitos com diferentes materiais - pequenos cadernos, blocos, folhas e papéis avulsos, grafites, lápis de cor, canetas nanquim e réguas - que evidenciam a sequencia do pensamento artístico de Gisela naquele momento, mais imediato, visível e com grande experimentação. Além dos desenhos, são apresentadas três pinturas, que representam os trabalhos de grandes dimensões e levam em conta o espaço expositivo do Instituto Ling.

 

Imagem por Marcos Hermes