Arte com entrada franca na Capital


Na seleção cultural desta semana, as principais atrações com entrada franca na Capital, em especial nas galerias de arte da cidade.

NAS GALERIAS DA CAPITAL
 

A Dumbo Art Shop & Gallery (imagem) apresenta a partir da próxima quinta, dia 24, a mostra individual Rebite, da artista Paula Plim. As obras trazem elementos das estradas gaúchas e catarinenses, em especial as que levam para a região metropolitana, litoral e a serra do nosso estado. Os trabalhos apresentam aspectos de um estilo de design gráfico muito presente na identidade visual dos pequenos negócios desses trajetos, icônica e tipograficamente, remetendo a aparência dos letreiros de fachadas, outdoors e cartões postais.

Já na Galeria Mascate inaugura nesta quinta, 17, a exposição  拆 [chai] da fotógrafa Letícia Lampert, que segue em cartaz até 10 dezembro, com entrada franca. Na ocasião será lançado livro com mesmo nome. A publicação, com tiragem de 200 exemplares, traz as imagens que estarão expostas na galeria. Chai, significa demolir, desmantelar, destruir, uma ação marcada para acontecer em grandes áreas residenciais de cidades chinesas como Xangai. O ideograma, pichado nas paredes, anuncia que em breve nada restará. A recorrência e escala com que a cena se repete assombra quem caminha pela cidade.

E na Galeria de Arte Bublitz, exposição inédita de Marcelo Hübner, de 19 de novembro até 26 de dezembro. O artista selecionou um recorte inédito com 20 telas que retratam sua fase atual, traduzidas por cenas urbanas com a essência luminosa de sua pintura. Este fato, já tão próprio da fase anterior (ramalhetes de flores embrulhados em jornais à venda nas ruas da cidade, numa visão bem parisiense), toma agora o sentido da verticalidade da construção de edifícios numa alusão construtivista. A mostra O Construtivismo de Marcelo Hübner é aberta ao público.

16 A 27/11 - HOMENAGEM À SONIA DURO

Reconhecida pela criação do Festival Dança Porto Alegre, a atriz, diretora e produtora cultural Sonia Duro (1946–2002) é homenageada no festival Gestos Contemporâneos através da exposição fotográfica “Sonia Duro”, com curadoria de Sandro Lupatini. A exibição reúne fotografias atualmente arquivadas no Teatro de Arena que foram digitalizadas e ampliadas pelo curador. A mostra acontece na Sala de Exposições do Theatro São Pedro e estará aberta para visitas entre os dias 16 e 27 de novembro nos horários de funcionamento do TSP. A entrada é franca.

Sonia Duro liderou todas as ações necessárias para que, após o fechamento do Teatro de Arena, em 1979, o espaço fosse reaberto em 1991. Convidada pelo então Diretor do Instituto Estadual de Artes Cênicas, Dilmar Messias, a ser a primeira diretora do Teatro de Arena, um dos seus objetivos foi criar o Centro de Desenvolvimento, Pesquisa e Documentação em Artes Cênicas do Rio Grande do Sul que facilitou o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à área. Sonia Duro faleceu em setembro de 2002, deixando saudade como artista e militante cultural.

18 a 20/11 – ESPETÁCULO “CHOKING” NO INSTITUTO LING

Estreia na próxima sexta, dia 18, o novo espetáculo da Muovere Cia de Dança Contemporânea, que em 2016 completa 27 anos de trajetória. Choking integra o projeto Webcoreô, contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014. O espetáculo de dança, é um "estudo" atravessado por interfaces digitais e criado a partir de questionamentos sobre as relações estabelecidas entre realidade e ficção na interação cotidiana com a internet. Choking apresenta um conjunto de peças coreográficas que dialogam sobre noções de violência, movimento, sincronismo e anacronismo, perpassando o referencial imagético e sensível criado pela Cia Muovere ao longo de seus 27 anos.

Com figurinos de Antonio Rabadan, projeto gráfico de Sandro Ka, luminotécnica de Ricardo Vivian, projeto de maquiagem de Nilton G. Junior, Choking conta com o apoio do Instituto Ling, recebendo a Muovere em residência para a montagem do projeto, bem como em temporada de première, que ocorre de 18 a 20 de novembro, com entrada franca.

19/11 - FEIRA DE DESIGN

Mais uma edição da Open_Feira de Design acontece no próximo sábado, 19, no bairro Moinhos de Vento. Participam mais de 35 marcas do design independente nas áreas de mobiliário, decoração, acessórios, vestuário, brinquedos, pet, entre outras. Realizada mensalmente no Pátio Ivo Rizzo, na Rua Félix da Cunha 1213, o evento chega a sua décima edição, buscando apresentar ao público produtos com foco em projetos originais, além de incentivar o mercado do design independente.

Todos os expositores passam por uma curadoria de design organizada por Camila Farina, diretora da Maria Cultura, que também é professora de Design em cursos de graduação e pós ­graduação. A curadoria garante que exista sempre uma rotatividade das marcas, ou seja, nenhuma edição é igual a outra.  Além dos expositores de design, a Open apresenta sempre expositores com opções gastronômicas, espumante e cerveja artesanal. A Rádio Unisinos FM, parceira do evento, marca presença durante o dia, comandando trilha sonora.

 

Imagem por Gabriela Sabatini