Michele Rossi Nunes: O rosto por trás da Belfast

Michele Rossi Nunes assumiu a direção da empresa há menos de um ano e reposiciona a marca no mercado. Uma das frentes é a volta com força total na produção da linha masculina

A Belfast, de Carlos Barbosa – RS, celebra mudanças administrativas e em sua produção. No último ano, passou por uma reestruturação e a direção da empresa da família Rossi foi assumida por Michele de Rossi Nunes, que sempre atuou na marca, mas como diretora de criação. Assim que aceitou o desafio, ela encabeçou um projeto de reposicionamento no mercado, através da concepção de coleções anuais com mais informação de moda e o resgate da produção das peças masculina – linha que originalmente deu início aos trabalhos da Belfast na década de 1990 e que com o tempo perdeu espaço para a produção exclusiva de peças femininas.

“Nossa ideia é voltar com força total na produção da linha masculina. Estamos trabalhamos com muito entusiasmo e paixão para (re)conquistar este público, além, claro, de continuar dando atenção especial ao desenho e produção dos casacos femininos”, explica a diretora, que opera em um espaço de 1600 metros quadrados e conta com 40 profissionais em sua equipe.

Atenta às principais tendências em casacos de lã, a grife lança a coleção fall/winter 2017 com 38 modelos femininos e 16 masculinos com modelagens inusitadas, recortes dinâmicos e mix de texturas. São 54 modelos que carregam consigo a preocupação da marca em oferecer ao público casacos com design moderno e exclusivo.

"A modelagem está no nosso DNA. Nestes 25 anos de trabalho, fomos aperfeiçoando até chegar ao ajuste ideal. Hoje, a pessoa veste um casaco Belfast e ele se ajusta no corpo", pontua Michele.

A nova coleção traz casacos confeccionados em 100% lã, 90% lã, 40% lã e lã sintética, produzidos com matérias primas nacionais e importadas da Itália e do Uruguai. Peças com materiais alternativos como peles, nylon, jeans e couro sintético também serão vistas no inverno 2017 da Belfast. Os aviamentos usados são criteriosamente escolhidos. São fivelas, botões e outros materiais provenientes de fornecedores que garantem qualidade dos materiais e acabam se tornando um atrativo a mais para o consumidor.

Os casacos Belfast podem ser encontrados em centenas de lojas multimarcas espalhadas pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Distrito Federal e São Paulo. Para os próximos anos, a Belfast prevê crescimento e consolidação de seus produtos no cenário nacional. “Trabalhamos com uma meta de crescimento de 15% ao ano até 2020. A nova coleção 2017 promete esquentar em 15% as vendas em relação a última temporada”, projeta a diretora de empresa que no último inverno comercializou mais de 20 mil casacos.

Alguns modelos da nova coleção poderão ser conferidos na nova novela A Lei do Amor, da Globo. Os atores Isabela Santoni e João Campos vestirão seus personagens e encenarão com casacos de lã da Belfast no horário nobre da emissora. Os modelos da marca já foram usados por Tatá Weneck na novela Haja Coração.