Alessandra escreve quinzenalmente.
Haaa, essa tal ansiedade...

 

Trabalho com uma instituição bancária onde o colegiado que treinei tinha várias pautas mas a mais pedida, esperada, atenta das platéias foi o Módulo sobre Ansiedade e a gente sabe o porque...
Augusto Cury, autor do livro Ansiedade, como enfrentar o Mal do Século  (Editora Saraiva ) que sabe bem os porquês e ainda relata neurologicamente, comportamentalmente e ainda quais as ações que poderemos atuar, diferentes do que temos feito, para sair desta cilada que assola a humanidade. Ele explica os porquês e mostra um caminho, entendendo que quando se conhece o problema a fundo, fica mais fácil  resolvê-lo.

Virou uma epidemia, assunto corriqueiro nos mais diferentes ramos de trabalho, ainda mais se embasarmos no SPA – Síndrome do Pensamento Acelerado,  onde a ansiedade tem base.

Este mal nos oferta tudo que não queremos e que lutamos muito para protelar na vida:  envelhecimento precoce, obesidade, morte do senso emocional,  insônia, doenças psicossomáticas, comprometimento da criatividade e do desempenho intelectual, apatia, tristeza, falta de vitalidade, cansaço exagerado entre tantos outros sintomas até mais relevantes.

Como você atua no cotidiano? “Atirando para todos lados”?  Deixando rolar? Desorganizado mas dando certo?  Metodicamente? No automático?

Ele indica uma técnica educacional,  que a cada cilada montada pelo nosso cérebro, para terminar rapidamente, precisamos sair do automático e tomarmos as rédeas do nosso pensamento. Bloquearmos os pensamentos com perguntas, com questionamentos internos positivos rapidamente e daí, tomarmos as rédeas do nosso EU. O bom é que dá certo! Testa para ver!

Tem uma ferramentas que talvez te ajude a entender: Para fazer a higiene mental eficiente temos a técnica do DCD ( Duvidar, Criticar e Decidir), usando a filosofia,  psicologia e os recursos humanos, a cada pensamento ruim, angustiante, descabido pense nisso, aja assim, vamos tentar?

Tem caminho, recomendo o livro e sei que darás conta de diminuir esta tal ansiedade para sempre! Geste sua emoção, tem como!